terça-feira, 23 de agosto de 2011

As vezes acho que o destino brinca com o pessoal. Tira-nos com uma mão, deixa-nos andar a bater com a cabecinha e a achar que temos todo o mundo contra nós, que as coisas más so nos acontecem a nós, que não há ninguém no mundo com mais problemas que nós. Depois oferece-nos de mão beijada algumas boas surpresas ainda que saibamos de antemão que não nos vão fazer bem, mas que teimam em não desaparecer do nosso coração. Decididamente há males que (se calhar) vem por bem e Deus tira com uma mão para (quase) logo em seguida dar com a outra.

3 comentários:

Miúda disse...

Quando algo me é "tirado" aguardo ansiosa, para que algo bom me seja "dado"... mas por vezes demora demais...

kishikiari disse...

estou à espera dessas surpresas

António disse...

...Concordo com a Miúda...o "problema" é quando entramos no "waiting mode" demasiado tempo... =/ isso é que é problemático! =(
e paciente é coisa que infelizmente não consigo (mesmo) ser... =S