sábado, 16 de maio de 2009

Jet Set da aldeia

Hoje a formiga foi comprar uma prenda para uma festa de anos e depois de estar despachada da prenda dei-me ao luxo de passear um bocadinho pelo resto das lojas. Ora estava eu numa loja quando dou por mim a ouvir uma senhora a dizer " oh manelinho diga la a tia que se chama Manuel Maria" e eu se fiquei a olhar porque acho mau os pais tratarem os filhos por você e vice versa, ainda mais surpreendida fiquei ao ver que o manelinho não tinha mais que dois anos portanto incapaz de dizer a tia que se chama Manuel Maria. Pus me a pensar porque é que será que estas pessoas tem necessidade de tratar os filhos com tal distanciamento. Eu trato os meus pais por "tu" e não é por isso que lhes falto ao respeito. Eu trato os meus avos mais chegados por "tu" e não é por isso que os trato mal, ou não gosto deles.
Sai da loja envolvida nos meus pensamentos e entrei noutra. Passados cinco minutos entra a família Jet na mesma loja que eu e mais uma vez, " oh manelinho, não mexa nisso. Você quer ir a tia, então " e eu tive de sair da loja, já enjoada com tamanha enjoadisse e Jet "Setisse" que mais pareciam saídos da barraca lá do bairro!!!!!

2 comentários:

Nuno disse...

Pessoas que vivem para as aparências. Sim, muito possivelmente são umas miseráveis que se esquecem de ser autênticos. Novo-riquismo é tramado...

Blog do Óbvio disse...

Acho que a família Jet se esquece que estamos mais práticos e evoluidos. Hoje somos amigos dos pais e avos. Não confundir "cerimonial" com respeito.
Adorei o seu blog. É uma graça. Beijocas. Manoel Eduardo - Brasil.