quarta-feira, 20 de julho de 2011

Férias

Numa época em que só se fala em férias, por esta altura sou, possivelmente, a unica pessoa sem férias a vista. Nada de nada, nem mesmo marcadas no mapa. As perspectivas para este verão resumem-se basicamente em aturar uma criança com 11 anos que diz mais asneiras que muita gente adulta (sim mesmo ao pé dos avós). A unica diferença do verão passado é que já não ouve just girls, mas sim musica de discoteca (da piorzinha) e canta como se não houvesse amanhã, além de que está cada vez mais mal criada. Mas isto sou eu, porque os avós continuam a apostar na rebeldia de ser filha de pais separados.
Espera-me portanto um verão de trabalho, por enquanto só de manhã (porque embora já esteja de ferias da faculdade, teimo em dizer que não, só para não voltar ao inferno que é trabalhar aqui a full-time), sem praias e sem escapadinhas. Só me resta chorar e lamentar-me!!

3 comentários:

Nocas disse...

Também não tenho férias, nem sei quando vou ter! O positivo é que quando se trabalha e toda a gente está de férias pelo menos dá para estacionar o carro à sombra!
Sei que não te ajuda muito, é só para não te sentires sózinha ;)
Bjs

Sofia disse...

Ui...mas deixa lá que eu tive que desmarcar as minhas férias porque causa do trabalho...humpf!
Beijinho

Daniela Gaspar disse...

somos duas.. :(