domingo, 13 de fevereiro de 2011

O enigma do rato desaparecido

Cá em casa andamos num alvoroço. Um dos ratos fugiu da gaiola. Pois é.... Não tinha a porta aberta e esperou pela noite. Não foi o Simão, não há vestígios de pelos do ratideo nos bigodes do felino e o facto de ter medo deles porque lhe morderam o nariz é um argumento abonatório. Posto isto apenas concluímos que o rato foi um ingrato e não soube aproveitar a estadia com pensão completa, com direito a bocadinhos de queijo e bolachinhas de fibra integrais.
Demos pela falta de manha, já reviramos a casa ao contrario e ele continua sem aparecer. Daqui por 48 horas, se assim se mantiver, ligo para as televisões e para a Policia. O mistério continua.

1 comentário:

Susana Céu disse...

Tens um gato que se chama Simão? Que giro :) O meu também ;)