segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Aqui no trabalho ouve-se ralhar por muitas coisas. Uma delas é para aproveitar sempre as costas das folhas de papel. Ora até aqui tudo muito bem, o papel está caro, as árvores não abundam e precisamos delas para o oxigénio do planeta e eu que até sou uma menina poupada e preocupada com as questões ambientais só não aproveito mesmo quando não o posso fazer. Todos os dias a mesma lenga-lenga. Então e a que propósito vem isto, perguntam os meus amores??? Vem no propósito de que estou desde as nove horas com a impressora a "cuspir" folhas que o meu boss mandou imprimir das suas pesquisas na Internet... pois... não fossem elas todas iguais e que já não servem para nada. Tenho o equivalente a trinta folhas que já não servem para nada, porque o senhor se lembrou de mandar imprimir os carros todos que encontrou pela net. E o pior de tudo é que isto acontece todos os dias....Aqui está um caso do "faz o que eu digo, não faças o que eu faço".
De modos que já estou cansada de tanta "cuspideira" e cancelei os documentos todos que estavam por imprimir...eram só mais trinta. Temos pena!!

1 comentário:

Marta disse...

LOL
Eu estou sempre a mandar vir com os meus por isso mas uma coisa é certa, eu sou a primeira a dar o exemplo ;)