sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Um dia...

...em que arranje outro part-time e ver-me livre deste escritório que é o inferno, vou ser com certeza uma pessoa muito mais feliz, bem disposta e sem sobressaltos a noite de me ter esquecido disto ou daquilo. É que quando comecei aqui era tudo um mar de rosas. Promessas de formações e explicações, sorrisos e boas vontades e tudo ia pelo melhor. Ao fim de quase três anos o balanço que faço é "como é que consegui aguentar tanto tempo, junto de pessoas desconfiadas, que para elas nunca nada está bem e que ao fim ao cabo tive de me virar sozinha mesmo?" Não digo que não haja dias bons, que não sejam (lá no fundo) boas pessoas, não senhor, mas o facto é que são muito desconfiados e isso comigo não pega. Daí que ando empenhadamente a procura de outro trabalho. Qualquer coisinha me serviria. É claro que se tiver os fins de semana tanto melhor e que de para ir a escola melhor ainda, mas se não puder ser paciência, aqui é que não consigo mais, sinto a minha sanidade mental toda a esvair-se por entre amontoados de papel e apitos de carros.

6 comentários:

Anjo De Cor disse...

Como te entendo formiga, eu quando comecei a trabalhar no meu actual trabalho tb me sentia assim... depoius graças à Deus as coisas melhoraram e já lá vão uns anos mas continuo a sonhar com algo diferente ;)
Beijinhos e bom fds*

Liliana disse...

Podia ser eu a escrever esse texto...palavra por palavra! Acredita que te entendo muito muito muito bem!

Nokas disse...

Isso não é nada bom!!! Espero que as coisas mudem por esses lados...

Indecisa disse...

se é a tua sanidade mental que esta em risco... muda! mesmo que ao inicio pareca que nao é mt melhor. NADA vale estar a estragar a nossa sanidade mental!!!

bjinho

Marta disse...

Tenho a certeza que ainda vais encontrar o emprego dos teus sonhos ;)

Olhos Dourados disse...

Compreendo-te.