quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Porquê????

Porque é que ninguém me disse que ser estudante de arqueologia era tão, mas tão dificil???

5 comentários:

Marta disse...

Mas deve ser um curso fascinante ;)

Daniela Gaspar disse...

? vida de estudante é a melhor vida que podes ter :) acredita..
ex-estudante de arquitectura

Monica disse...

Olá :)
Vim ter ao teu cantinho por acaso e ADOREI!! vou voltar! posso? ;)
Adorei saber que és estudante de Arqueologia porque é a minha paixão de sempre!
Acabei o 12º mas na altura não fui para a Faculdade e hoje em dia arrependo-me TANTO de não ter seguido o meu sonho...
Quando penso nisso, imagino-me sempre como professora ou a trabalhar num qualquer Museu (se fosse agora, que não posso andar em escavações) mas o que eu tinha gostado MESMO era de ser um Indiana Jones de saias, trabalho de campo, andar por todo o lado.
Agora, com 2 filhotes e o marido na faculdade à noite, não tenho tempo e não posso mesmo seguir o meu sonho (até porque seria algo feito só mesmo por prazer, não estou em condições de arriscar o meu posto de trabalho).
Por isso olha, trabalho num escritório (não me queixo) mas vou sonhando com o meu chapéu e chicote ;)
Beijocas grandes e desculpa o testamento!

formiga disse...

Monica: Claro que pode voltar. Eu segui o meu sonho e aos poucos vou-me arrependendo, pelo simples facto de na realidade não ser nada daquilo que se espera. Sim é interessante, sim é estimulante, mas (e isto é sentimento geral) é ainda um grupo muito, muito restrito que barra a entrada a quem se mostre mais interessado que não tenha conhecimentos no meio. Assim, aos poucos, as intrigas no meio e o "tentar passar por cima de" vão derrubando o gosto que cada um de nós tem no curso. Eu estou a quatro anos para concluir o meu, porque houve (e há) alguém que se lembrou de achar que tenho muito dinheiro para gastar e que posso andar a pagar propinas a torto e a direito (que é como quem diz...embirrou comigo e não me passa). Se fosse hoje possivelmente escolheria outro curso que desse mais estabilidade, mas ainda assim não me arrepend de ter seguido aquilo que sempre quis, mesmo contra as vontades dos mais proximos. Posso dizer que se há colegas meus que com o curso ainda não encontraram trabalho, eu, pelo contrario, já recusei propostas por não ter o curso.
É assim a vida.

Beijinhos e espero ve-la cá mais vezes. Para contactos o e-mail do canto serve para o efeito.

Monica disse...

Pois, acredito que seja como dizes, infelizmente...
Beijocas grandes e que tudo corra bem :) (ah! e trata-me por tu :oP)