segunda-feira, 2 de agosto de 2010

E pronto...quando o pior se confirma...

...não há muito a fazer. Há a fase da irritação, a fase de pensar que foi uma maratona de estudo em vão e a fase do desalento. A fase do pensar "porquê eu??" e a fase do pensar "o que é que fiz de errado??" e a fase do pensar "será que vale a pena" ou " isto algum dia irá ficar terminado". Depois destas fases todas vem a desilusão e frustração, porque uma coisa que está ao alcance de qualquer um para mim está mais longe que nunca. Ainda não passei pela fase do choro (porque estou no trabalho), mas está muito perto... muito perto mesmo. Logo será a fase do pensar no que fazer ainda que muito desorientada em relação ao que terá mesmo de ser feito. Não sou pessoa de desistir, mas assim... não é fácil.

2 comentários:

Cloudman disse...

U hang in there...

Mary Jane disse...

Tu própria o disseste "Não sou pessoa de desistir", portanto por muito que seja difícil dá uma pancadinha no ombro a ti própria e um empurrãozito por mim e hit the road!